sábado, 25 de maio de 2024

Construtora Stein entrega Residencial Alda Niemeyer Home Design

A Construtora Stein entregou no último dia 23/05/2024 o Residencial Alda Niemeyer Home Design, localizado na rua Colômbia, 80, bairro Ponta Aguda. A torre possui 15 pavimentos com apartamentos de 3 e 4 suítes, sendo 1 apartamento por andar.

O evento de entrega foi ainda mais especial por contar com a presença da Sra. Alda Niemeyer, hoje com 104 anos, que dá nome ao empreendimento.

Alda Niemeyer Home Design (foto Blumenau Vertical)

Alda Niemeyer Home Design (foto Construtora Stein)

Alda Niemeyer junto à família Stein (foto Construtora Stein)

Alda nasceu em Joinville em 18 de maio de 1920 e se mudou para Curitba. Após o segundo casamento, mudou-se para a Alemanha, onde passou pela Segunda Guerra Mundial, onde trabalhou como enfermeira junto de um cirurgião-dentista em um primeiro momento, e depois, na Cruz Vermelha – trabalho voluntário feminino, com idade entre 20 e 30 anos. De volta ao Brasil, em Blumenau, Alda desenvolveu trabalhos junto à comunidade nas áreas social e cultural. Seu marido atuou como médico e ela o acompanhava nas atividades. Inicialmente como enfermeira, posteriormente, em obras assistenciais. Alda foi professora de yoga.

Na década de 1970 ingressou no radioamadorismo. Pertence ao Clube de Radioamadores de Blumenau, desde 1976, como membro ativo, exercendo vários cargos. Alda igualmente atuou durante as grandes enchentes de 1983 e 1984, época em que sequer se imaginava a existência de câmeras digitais, celulares e computadores. Mal e mal funcionavam os telefones fixos. Ela considera seu trabalho mais relevante, no período em que atuou como radioamadora e auxiliou nas enchentes da década de 1980.

Mais detalhes da história da Sra. Alda Niemeyer podem ser lidas em 

A história de Alda Niemeyer - O Município Blumenau

Os vídeo abaixo no YouTube, do canal de Angelina Wittmann :


domingo, 19 de maio de 2024

Enchente do dia 19/05/2024

Após previsão de fortes chuvas concentradas no Vale do Itajaí, que vieram a se confirmar, o rio Itajaí-Açú novamente provoca uma cheia repentina em cidades com Rio do Sul, Presidente Getúlio, Rio dos Cedros, Brusque, São João Batista. Em Blumenau a elevação ocorreu na tarde e noite do dia 18/05 e madrugada e manhã de 19/05, estabilizando durante o dia.

Em Rio do Sul o nível do rio estabilizou em 08,95 m durante a manhã do dia 19/05.

Rio Itajaí-Açú as 12:05 do dia 19/05/2024 com 08,67m (Imagem : Canal Bnu.TV Youtube)

Esta cheia ocorre em paralelo com a maior catástrofe registrada no Rio Grande do Sul, onde o volume de chuvas simultâneas sobre o estado foi o maior desde 1941.

Níveis do Rio Itajaí-Açú em Blumenau :

19/05/2024

00h - 06,42 m
01h - 06,72 m
02h - 07,01 m
03h - 07,29 m
04h - 07,58 m
05h - 07,88 m
06h - 08,11 m
07h - 08,30 m
08h - 08,45 m
09h - 08,55 m
10h - 08,61 m
11h - 08,66 m
12h - 08,67 m (pico)
13h - 08,65 m
14h - 08,60 m
15h - 08,55 m
16h - 08,47 m
17h - 08,37 m
18h - 08,28 m
19h - 08,17 m
20h - 08,05 m
21h - 07,93 m
22h - 07,80 m

Por que este blog publica os eventos de enchentes além de edifícios

Postagens referentes ao tema "enchente" são relevantes no âmbito deste blog, porque são os fenômenos climáticos que mais incentivaram a verticalização da cidade, ao proporcionar um melhor aproveitamento dos bons terrenos situados em áreas consideradas fundamentais e que podem sofrer adensamento populacional.
Um dos maiores "booms" de verticalização ocorreu após a catástrofe de 2008, onde as regiões de encostas sofreram danos e muitas precisaram ser desocupadas ou foram marcadas como "áreas de risco geológico".
O período de 2009 a 2013 teve um volume de construção de edifícios muito superior a qualquer outro período, e mostrou como havia deficiência de terrenos considerados viáveis de construção em áreas com urbanização consolidada. Esses terrenos poderiam ser melhor aproveitados.
Por isso em 2013 houveram algumas modificações no plano diretor de Blumenau que possibilitaram o aumento de gabarito em áreas consideradas como pólo de adensamento, tirando a limitação de altura e aumentando os recuos entre as construções, a fim de preservar ventilação.

Fenômeno semelhante foi observado na cidade de Rio do Sul, também pólo regional no alto vale e que sofreu com fortes enchentes em 2011. A verticalização e aumento de gabaritos também foi incentivada, e a cidade recebeu um bom volume de projetos de edifícios pós eventos de 2011. 

quarta-feira, 8 de maio de 2024

Fine Lofts - Vila Nova

A Construtora FMB lança em Blumenau na rua Herman Eckelberg, bairro Vila Nova, o Fine Lofts em torre com 8 pavimentos (1 subsolo) com Lofts de 26,05 a 32,00 m² privativos, com e sem vaga de garagem.





O EMPREEDIMENTO:

- Construção alvenaria (tijolos);
- Hall de entrada mobiliado e decorado;
- Salão de festas;
- Coworking;
- Praça do fogo;
- Lavanderia coletiva;
- Portaria eletrônica;
- Vagas de garagens;




Serão apenas 8 andares e 39 unidades além de 1 sala comercial.

O IMÓVEL:

- Piso porcelanato;
- Rebaixamento em gesso;
- Rodapés;
- Esquadrias em alumínio;
- Tubulação para split.




Vídeo de apresentação :



Todas as imagens aqui mostradas foram retiradas do site da AMG Corretores e são ilustrativas. Consulte o memorial descritivo para saber o que compõe o imóvel entregue.
Maiores informações com a AMG Corretores em seu site (https://amgcorretores.com.br/imovel/822/comprar/apartamento/blumenau/vila-nova) ou pelo telefone/whats (47) 98812-2832.

quarta-feira, 1 de maio de 2024

Grupo Habitat Entrega Edifício Up

O Grupo Habitat fez a entrega do Edifício Up no dia 30/04/2024. Localizado na rua Luis Sachtleben, bairro Itoupava Seca, possui 24 pavimentos com lofts e rooftop duplo. Parabéns aos proprietários !

Foto : Blumenau Vertical

Foto : Blumenau Vertical