segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Tecnisa passa a vender imóveis pelo Facebook


SÃO PAULO - A Tecnisa, empresa do segmento imobiliário, implantou uma nova estratégia de negócios na web que permitirá a compra de imóvel via Facebook, entre outras ações.
O perfil da empresa no site de relacionamento virou um canal independente de vendas Por meio dele, o cliente da incorporadora poderá ter acesso a todas as informações dos empreendimentos, receber atualizações e obter notícias de lançamentos, bem como esclarecer eventuais dúvidas.
Segundo a companhia, o diferencial da ferramenta é que ela possibilita ao cliente filtrar as informações que deseja receber por meio do botão “curtir” da rede social. Pode, por exemplo, clicar em “curtir (desfazer)”, caso queira deixar de receber as informações.
Além de receber notícias sobre um determinado empreendimento que tenha se interessado, o internauta poderá interagir com os outros seguidores, participando do mural, das discussões e acessando fotos, vídeos, tabelas de preços e todas as informações pertinentes.
A empresa pretende em breve disponibilizar todo o portfólio de produtos para consulta do internauta.

Obras do Shopping Park Europeu - 02/2011

Previsto para ser inaugurado em novembro de 2011, o Shopping Park Europeu está com a estrutura praticamente erguida e pronto para começar os trabalhos na área interna. As imagens abaixo foram retiradas do site do empreendimento. São belas imagens aéreas tiradas em janeiro. Clique para ampliar.








Obras do Blumenau Norte Shopping - 02/2011

Seguem a todo vapor as obras do Blumenau Norte Shopping, na BR-470. A entrega dos capacetes já foi realizada e os lojistas já trabalham no interior das lojas. A inauguração será em Abril de 2011. Clique nas fotos abaixo para ampliar. Imagens retiradas do site do empreendimento.







domingo, 27 de fevereiro de 2011

Estudo de Impacto de Vizinhança - Condomínio Residencial e Comercial Black Panther

 A Prefeitura Municipal de Blumenau lançou o edital de Audiência Pública de Estudo de Impacto de Vizinhança para um novo empreendimento no centro, próximo ao Clube 25 de Julho e rua Heinrich Hosang.
Trata-se do Condomínio Residencial e Comercial Black Panther, a ser edificado pela Black Panther Construtora e Incorporadora. Veja perspectiva abaixo :




Será um empreendimento grandioso, com uma torre comercial de 13 andares de frente para a Heinrich Hosang mais 3 torres residenciais de 12 e 13 andares, com acesso pela rua Emilio Kock (transversal da rua Alberto Koffke, rua do clube 25 de Julho) em um terreno de 12.238 m².
A audiência será realizada no Clube 25 de Julho, no dia 31 de Março, das 19 as 22 horas.
O EIV pode ser baixado em formato PDF neste link e traz todas as informações referentes ao projeto.
Este será um dos maiores projetos privados em execução na cidade, do porte do projeto que vai ser executado no antigo estádio do BEC, que prevê uma torre comercial de 12 andares, um centro comercial e dois edifícios residenciais de 15 andares.
Blumenau vive sim um boom imobiliário. E isso é muito positivo.








Localização (em amarelo, clique para ampliar)



Novos lançamentos Torresani

O site da construtora Torresani já traz as perspectivas de 2 novos lançamentos em Blumenau :


Residencial Oceania - Rua Gottlieb Reif, na Escola Agrícola : aparentemente terá 17 andares e 5 apartamentos por andar. Ainda sem detalhes e plantas. Assim que eu tiver mais material, posto aqui.



Residencial Vesúvio - Rua dos Pioneiros, no Água Verde. Terá apartamentos de 2 e 3 dormitórios com suíte.




Também foram publicados nomes de novos lançamentos da Torresani no Jornal de Santa Catarina deste final de semana, ainda sem detalhes como fachada, plantas e localização correta :


- Residencial Praia de Iracema - bairro Fortaleza
- Edifício Puerto Madero - Indaial
- Ventanas - bairro Boa Vista
- Edifício Ouro Preto - centro Blumenau
- Residencial Lancaster - bairro Velha


Assim que conseguir mais detalhes, postagem neste blog.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Blumenau recebe NET TV digital


Blumenau recebe, a partir de hoje (25), a transmissão digital de TV por assinatura, incluindo canais em alta definição. A chegada da NET digital traz cerca de 60 novos canais de TV e outros 40 de áudio. São novidades que reúnem tecnologia, conteúdo e oferta do mercado. A empresa estima crescer entre 20% e 30% a captação de clientes na cidade. 

Blumenau é a primeira cidade de Santa Catarina a receber o serviço. “Estamos trazendo para a cidade a melhor oferta em HD e o melhor custo-benefício em produtos combinados, o NET combo, com as ofertas vantajosas do mercado”, ressalta o gerente da NET em Blumenau, Leandro Amarante. “A chegada da NET HD, a ampliação significativa do número de canais disponíveis e os investimentos que temos feito na ampliação da cobertura demonstram a importância do mercado de Blumenau para a empresa”, completa. 

Os pacotes de TV por assinatura em alta definição NET digital HD e digital HD Max estão disponíveis a partir de R$ 139,00 por mês. Todos os pacotes incluem os canais de alta definição, que variam conforme o pacote, e o aparelho decodificador. São oferecidos também pacotes NET combo HD a partir de R$ 199,00, que reúnem o serviço de banda larga Virtua Megaflash, Fone via Embratel e um ponto extra digital gratuito.



Fonte

Nova sede administrativa Rigesa Três Barras - SC

A Viva Arquitetura, empresa de arquitetura de Blumenau, postou em seu site as perpectivas da nova sede administrativa da unidade da Rigesa em Três Barras - SC. Design muito bonito com áreas de convivência para funcionários e um jardim interno que aproveita a iluminação natural.













quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Blumenau na década de 1920

Um verdadeiro achado no YouTube !
Filme da segunda metade da década de 1920, pelo pioneiro do cinema catarinense, José Julianelli. Mostra em um panorama, a provinciana e ingênua Blumenau da época.
A chegada do Vapor Blumenau, a enchente de 1927, competições esportivas e até a chegada de um rei que ninguém viu.
Como todos os filmes do Julianelli, este possui uma surpreendente boa fotografia, numa época em que o simples fato de colocar a imagem em movimento já era um grande feito.




100 páginas de alto padrão

A revista Alto Padrão, editada pela Editora Mundi, de Blumenau, é uma boa referência em projetos e retrata bem a cena imobiliária da região. Recebi um email da editora sobre a edição número 44, que agora possui 100 páginas. Recomendo a leitura !



Quer saber mais sobre o telhado verde? Conhecer as formas da sustentabilidade? Experimentar os vinhos que combinam com o Verão? Modificar um ambiente usando adesivos? E estes são só alguns dos temas que a revista Alto Padrão traz na edição nº 44, que já está circulando.

Realizada pela Mundi Editora, a Alto Padrão está há seis anos no mercado e já soma mais de 2 mil páginas publicadas, multiplicadas em mais de 220 milhões de páginas impressas. A versão digital conta mais de 6 mil acessos. Números que, a partir desta edição, tendem a crescer ainda mais rapidamente: a Alto Padrão nº 44 é um marco na história da revista, que passa a circular em edição bimensal e com 100 páginas, ”no mínimo”, como garante o gerente comercial, Eduardo Bellídio. 
“Com a ampliação do número de páginas, podemos abordar assuntos como turismo, gastronomia, lazer e jardinagem, temas que a revista já explorava, mas de forma tímida, e que agora ganham força total com a nova proposta”, ressalta o editor-executivo, Sidnei dos Santos.  Sem perder de vista a arquitetura, o design e a decoração que originaram a publicação e conquistaram o público.

A memória e o legado de Egon Belz, ícone da arquitetura modernista catarinense; os charmosos empreendimentos de hospedagem que ganham espaço no Litoral e o primeiro edifício no Brasil que segue o conceito de confort residence, e que ocupa a capa da revista, além das melhores opções da jardinagem quando o assunto é reunir sobra e cores, também são destaques da edição.

“Este número foi pensado especialmente para marcar a nova fase da Alto Padrão. Com 100 páginas, será possível explorar melhor os temas e diversificar o rol de reportagens. Sentimos uma empatia muito grande entre leitores e revista. Cada edição é aguardada com ansiedade pelos profissionais das áreas. Com a Alto Padrão, cumprimos o compromisso de levar aos leitores o que Blumenau e cidades próximas produzem de muito bom em arquitetura, decoração, design, paisagismo, gastronomia e de mostrar nossas belezas, muitas vezes desconhecidas por nós mesmo. É uma revista gostosa de ler e que também dá muito prazer à equipe de profissionais envolvidos na produção”, finaliza Sidnei.



Clique aqui e visualize a revista digital

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Obras do Hospital da Unimed

Hoje na coluna Mercado Aberto do Jornal de Santa Catarina o colunista Francisco Fresard tem algumas novidades a respeito das obras do futuro hospital Geral da Unimed de Blumenau :

Hospital Unimed

Mudanças no projeto provocaram a paralisação das obras – que já dura alguns meses – do Hospital da Unimed no Bairro Vila Nova. Segundo o presidente Jauro Soares, as alterações foram feitas para melhor aproveitar os espaços e economizar energia e água. O novo projeto tem que ser aprovado pela Vigilância Sanitária estadual, processo que deve levar mais dois meses. Só então a obra poderá ser reiniciada. Por enquanto, só a fundação, iniciada há um ano, foi concluída.

Enquanto isso, a direção da cooperativa médica avalia as possibilidades de financiamento da obra, que deve consumir cerca de R$ 60 milhões.

Para conhecer um pouco mais do projeto, veja minha postagem do dia 09 de fevereiro aqui.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Curtas da Construção Civil em Blumenau

- A construtora Cetor através do twitter revelou o nome do empreendimento na rua Marechal Deodoro, no bairro da Velha. Será Marechal Tower. O terreno já está com o tapume desde o ano passado.
- Novo tapume da construtora OMA na rua Marechal Deodoro, defronte ao Barni indica novo empreendimento em breve no local.
- A construtora Speranzini está fazendo a preparação do canteiro de obras para um futuro lançamento na rua Imaruí, defronte a Polícia Militar no bairro Vila Nova. Por enquanto ele não foi lançado oficialmente.
- A Andraus Empreendimentos está construindo na rua Manoel Barreto (primeira rua a direita após a ponte na rua Paraíba) o edifício Gran Village, edifício que terá apartamentos de 3 dormitórios com suíte ou 2 demi-suítes. Assim que tiver as perpectivas e plantas, posto o lançamento aqui.
- A construtora Nova Trento revelou a localização do edifício Villa Arezzo no bairro Victor Konder. Ele ficará na rua Waldemar de Medeiros, transversal da rua Max Hering, próximo da Furb. Será um edifício com apartamentos de 2 suítes (perpectiva abaixo). Assim que surgirem mais detalhes do empreendimento, posto aqui.



quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Obras na rua das Palmeiras

A coluna Mercado Aberto do Jornal de Santa Catarina de hoje tem uma nota referente as obras da construtora LN no antigo estádio do BEC, na rua das Palmeiras :

Foto : Jandyr Nascimento

Cai o muro

O Grupo LN, de Curitiba, já começou a derrubada dos muros para o início das obras no terreno que abrigava o estádio Aderbal Ramos da Silva, conhecido como BEC. No local, na Rua das Palmeiras, será construído um complexo formado por um centro comercial, um prédio de escritórios e duas torres.

O projeto já foi aprovado pela Secretaria de Planejamento e as obras devem começar em julho. Há pouco mais de um mês a construtora começou a limpeza do barro que estava no local desde a tragédia de 2008, quando o terreno serviu de aterro para a lama retirada das ruas
.
Fonte

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Ausência de baladas na praia Brava atrai investimentos


Pedro Rockenbach | pedro.rockenbach@diario.com.br
Jurerê Internacional e Praia Brava concentram as maiores riquezas por metro quadro na Norte da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis. Os dois balneários abrigam imóveis milionários e infraestrutura invejável, mas diferem em um ponto: a discrição. Enquanto Jurerê oferece muita badalação, agito, movimento intenso na praia e centenas de mansões, a Brava disponibiliza condomínios de alto padrão, praia praticamente privativa e, principalmente, a falta de vida noturna.

— Não ter os beach clubs, como a vários em Jurerê, é um dos nossos argumentos na hora de vendar um apartamento. Quem vem para cá busca tranquilidade e discrição — destacou o corretor imobiliário Antonio Carlos de Farias.

O contrário de Jurerê, onde casas são maioria, na Brava os apartamentos predominam. São cerca de 20 condomínios no balneário. Alguns têm quase cem unidades e oferecem aos moradores uma infraestrutura que inclui restaurantes e bares.

O cotidiano longe dos holofotes torna a Praia Brava um lugar praticamente privativo. A maior parte dos frequentadores tem ou aluga um imóvel no local. Reflexo disso está nos estacionamentos. Estes ficam quase vazios mesmo com a praia cheia.

Boa vizinhança
Para quem vive a Brava há muitos anos, uma das melhores características do balneário é a aproximação entre os vizinhos.

— Aqui somos vizinhos de porta, nos conhecemos, fazemos amizade. Tenho amigas em Jurerê. Como lá um casa muito longe da outra, elas ficam mais solitária. Aqui todo mundo se conhecer explicou a artista plástica Leda Martorano, ao retornar da praia com mais dois amigos de condomínio.

Escondida atrás de um morro, a praia de cerca de 900 metros de extensão tem apenas um acesso. Isso facilita o monitoramento por câmeras de segurança espalhadas pelas ruas - sistema custeado pelo próprios moradores.

— Quem entra ou sai daqui está sendo acompanhado. Com isso, é mais fácil ainda manter a tranquilidade do lugar - ressaltou Farias.

Arrependido
O preço de apartamentos e casas na Praia Brava podem variar entre R$ 400 mil e R$ 4 milhões, dependendo da localização, do tamanho e se o imóvel tem vista para o mar. O engenheiro mecânico Elpídio Oscar, de 50 anos, possuía um imóvel na Brava há 15 anos, mas vendeu por causa da falta de infraestrutura na época.

— Havia muito menos gente do que hoje e a infraestrutura ainda era meio precária. Aí, resolvi vender para comprar na Praia do Ingleses, mais movimentada e mais estruturada — justificou Oscar.

O engenheiro mecânico mora em Santa Cruz do Sul (RS) e nos verões passa as férias no apartamento em  Ingleses. Porém, apaixonado pela pesca com rede, passa mais tempo na Brava praticando o hobby. Uma estação de tratamento de esgoto da Casan mantém a água do lugar limpíssima, principal qualidade da praia, segundo o engenheiro.

— Se eu estou arrependido de sair daqui? Talvez — brincou Oscar — Minha mulher fica falando que eu devo voltar para cá, já que gosto tanto de vir aqui. Mas hoje está complicado. O preço dos imóveis subiram muito.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

GM vai começar a construir a fábrica de motores em Joinville

Foto : Rogerio da Silva


Produção, de 120 mil motores e 200 mil cabeçotes por anos, inicia-se em setembro de 2012

Joinville, no Norte de Santa Catarina, teve a notícia que esperava há tempo: a GM vai começar a construir a fábrica de motores. As obras devem começar em março deste ano.
A informação foi divulgada pelo editor de Economia do jornal A Notícia, Claudio Loetz, no blog do Loetz, nesta quarta-feira. A fábrica entra em operação em setembro de 2012.
O volume produzido será de 120 mil motores por ano e 200 mil cabeçotes por ano. O investimento é de R$ 350 milhões.
Os dados são do governo do Estado, após encontro do governador Raimundo Colombo com o vice- presidente Marcos Munhoz e com o diretor de assuntos institucionais da montadora, Luiz Moan, em Santo André, na região metropolitana de São Paulo.
Há análise em estudo para a montadora importar veículos via portos de Itajaí ou Navegantes.
JORNAL A NOTÍCIA

Dúvidas sobre a obra da Ponte do Badenfurt

O Jornal de Santa Catarina tem uma reportagem na edição desta sexta-feira (11/02/2011) que mostra algumas dúvidas de leitores postadas no Blog Fiscal do Badenfurt. Inclusive uma dúvida minha foi respondida pela Secretaria de Planejamento Urbano de Blumenau. Veja o texto da reportagem e em seguida as perguntas respondidas pelo Seplan :

BLUMENAU - Considerada uma das maiores e mais complexas obras viárias, a Ponte do Badenfurt começou a ser construída no final de janeiro e tem data certa para terminar: 19 de dezembro de 2012. A data foi definida pelo prefeito João Paulo Kleinübing e coincide com o aniversário dele. É aí que mora o perigo: a promessa com prazo para expirar desperta a desconfiança da população, que em duas semanas bombardeou o blog Fiscal do Badenfurt (www.santa.com.br/fiscaldobadenfurt) com dúvidas de todo tipo. A obra será inaugurada incompleta, como fizeram com o Viaduto da Mafisa? Os ciclistas serão contemplados? E como as ruas Bahia e General Osório vão dar conta do aumento do tráfego?
Orçada em R$ 31 milhões, a obra que inclui viaduto, calçadas, ciclovias, duas pontes e uma via expressa tem como objetivo atenuar o tráfego da BR-470, entre o trevo do antigo Celeiro do Vale e o acesso a Pomerode. Também deve facilitar o acesso a Blumenau e reduzir as distâncias entre as regiões Norte e Sul. Está prevista a redução do tráfego do Centro, por diminuir o trânsito na Rua Bahia e na Ponte do Salto e simplificar o acesso entre os bairros Velha, Salto Weissbach e Badenfurt.
Se vai dar tempo de fazer tudo isso em 23 meses, é esperar para ver. Lá no blog Fiscal do Badenfurt, a gente fica de olho no andamento da obra e ajuda você a cobrar o cumprimento do cronograma. Nestas páginas, estão as respostas da Secretaria de Planejamento Urbano de Blumenau para algumas dúvidas que os leitores enviaram. Participe também!

PRISCILA SELL
 









Sugiro ainda ao jornal semanalmente ir ao local e tirar uma foto e publicar para pressionar ainda mais o andamento planejado da obra. Abaixo a foto publicada de autoria de Gilmar de Souza mostra a implantação do canteiro de obras :


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Mapa interativo de Blumenau

Há um bom tempo que o site Blumenau Online oferece algumas opções interessantes, e entre elas está um mapa interativo de Blumenau, onde pode-se pesquisar por nome de rua ou nome de empresa. Após localizado, ele fornece a posição da rua ou empresa dentro do mapa de Blumenau. Permite também fazer o zoom para ler o nome das ruas e bairros.