Ponte do Badenfurt : começa escavação para primeiro pilar

Por enquanto o Blog Fiscal do Badenfurt, do Jornal de Santa Catarina só tem trazido boas notícias a respeito da obra da nova ponte. Espero que o blog só tenha notícias boas, e que não seja necessário publicar textos a respeito do atraso da obra por causa de falta de verbas e desapropriações fracassadas. Abaixo texto publicado no blog hoje, com texto de Daniela Pereira :




Esperada há três décadas pela comunidade de Blumenau e região, a obra para construção da Ponte do Badenfurt está aos poucos saindo do papel. Iniciada no fim de janeiro com a montagem do canteiro de obras na Rua Henrique Weise, até agora, a obra se dividiu em limpeza dos terrenos, que já chegou à margem direita do Rio Itajaí-Açu, topografia e terraplanagem. Nesta semana, uma nova fase começa: a construção do primeiro tubulão, pilar que sustentará a estrutura viária.
Para fazer o tubulão será necessário escavar a terra até encontrar uma rocha, na qual a estrutura do pilar será montada. O trabalho é árduo. Na construção do viaduto da Via Expressa, por exemplo, foi necessário escavar 18 metros até encontrar uma rocha firme para a montagem de um dos tubulões. Os responsáveis pela obra do Badenfurt têm ideia do trabalho que virá pela frente porque foram feitos estudos, mas não arriscam uma data de quando o tubulão estará pronto.
Paralelo a isso, continuam as obras de limpeza de terrenos e terraplanagem na margem direita do rio. Na margem esquerda, não se fez nada porque ainda é necessário desapropriar 31 terrenos. Prefeitura e proprietários ainda negociam os valores. O Santa tentou obter um mapa com os terrenos que precisam ser desapropriados, mas a prefeitura não liberou o documento para preservar os proprietários e evitar especulações imobiliárias.
A obra no Badenfurt contará com uma ponte de 362 metros sobre o Rio Itajaí-Açu, via expressa, viaduto sobre a Rua Arnold Hemmer, ponte sobre o Ribeirão do Testo com 80 metros de extensão, calçadas, ciclovias e pavimentação de ruas transversais. A construção custará R$ 31 milhões e a intenção é atenuar o tráfego da BR-470, entre o trevo do antigo Celeiro do Vale e o acesso a Pomerode.
A obra também deve facilitar o acesso a Blumenau e reduzir as distâncias entre as regiões Norte e Sul. Está prevista a redução do tráfego do Centro, por diminuir o trânsito na Rua Bahia e na Ponte do Salto, simplificando o acesso entre os bairros Velha, Salto Weissbach e Badenfurt.

Um comentário:

Adalberto Day disse...

Charles
Finalmente um grande projeto para nossa cidade. Rsperamos que sejam resolvidos os entraves, e se consiga realizar esta bela obra e importante pra nosso trânsito caotico. Depois dessa esperamos que outras pontes importantes no centro também sejam executadas e que nossa cidade seja mais humana. Agora uma coisa que não dá para entender é a BR470, cantada em verso e prosa pelos politicos e principalmnete pelo Lula e a Ideli, que ficaram 8 anos prometendo e nada. Me parece que o Japão com todo respeito irá se reconstruir mais rápido que esta BR.
Parabéns pelo seu sempre belo trabalho trazendo postagens importantes para nossa comunidade.
Adalberto Day cientista social e pesquisador da história.