quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Agência de segurança dos EUA terá um dos maiores datacenters do mundo

Equipamento será usado para manter em segurança informações sensíveis de inteligência e ocupará área de 100 mil metros quadrados.

A Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA) está construindo um dos maiores e mais caros data centers do mundo. O objetivo é utilizá-lo para guardar e analisar informações sensíveis de inteligência.
Ao custo de 1,2 bilhão de dólares, esse é o projeto em andamento mais dispendioso do Departamento de Defesa. Ele ficará 40 km ao sul de Salt Lake City, em Utah, e será o segundo data center da divisão – o primeiro fica no forte George G. Meade, em Maryland.
“Em uma era em que a nossa nação e seus aliados dependem cada vez mais da integridade das informações, transmitidas ou armazenadas no ciberespaço, torná-las as mais resistentes e seguras o possível passa a ser essencial”, afirmou o vice-diretor da NSA, Chris Inglis.
O Departamento de Segurança Interna será quem mais tirará proveito do data center. No entanto, outras divisões também deverão usá-lo. A máquina é um Tier III, de 65 Megawatts, e ocupará 100 mil metros quadrados, além de ter seu próprio armazenamento de água e combustível, e um sistema supressor de fogo.
O local onde ficará o data center – uma área de 240 acres – será auto-sustentável, com sua própria estrutura de esgoto, água, energia e gás. Contará com uma equipe de segurança especializada, ajudada por facilidades como controle de visitas e inspeção e identificação de veículos.
A construção do equipamento começará no verão americano (julho) e durará três anos – em parte, porque o governo pretende obter financiamento aos poucos. A obra gerará até 10 mil empregos, mas, quando finalizada, só 200 pessoas serão necessárias para manter o funcionamento do equipamento.
(Tim Greene)

Nenhum comentário: