Projeto na Rua das Palmeiras - 2

A justiça parace que sinaliza a favor do desenvolvimento da cidade. Deu parecer favorável à Construtora LN, que arrematou a área do estádio do BEC. Veja o texto na coluna de Francisco Fresard deste domingo no Santa no link http://bit.ly/arGpNL.


Só a inútil da Secretaria de Desenvolvimento (???) Regional que não desiste dessa ação estúpida. Vou dar muitos pulos de alegria quando ela finalmente for derrotada e o projeto for construído na hoje decrépita Rua das Palmeiras e centro histórico.


Quando eles se darão conta de que precisam desenterrar a caveira de burro enterrada lá ? Uma construtora de Curitiba tem que vir e desenterrá-la. Blumenauenses são incompetentes demais para tirar aquela área do ostracismo. Eu como blumenauense me sinto envergonhado. O primeiro projeto sério para a área é combatido até o fim. 


Vamos olhar pra frente ! Duas torres lindas de 20 andares e um centro comercial darão um novo ânimo para o centro histórico. Como está tenho vergonha de levar turistas para lá.


Veja a perspectiva da obra:



Um comentário:

Adalberto Day disse...

Charles
Seu comentário a respeito do que será feito na Alameda Duque de Caxias é muito importante. Já conversei com o secretário de turismo que pouca coisa diz poder fazer. Então quem irá resolver? é necessário ter consciência da importancia deste centro histórico. Hoje julho/2010, nos parece que irão resolver o problema que também é um local feio, sinistro ,da forma como ficou depois da demolição do Estádio, e enchente 2008. Serão construídos edifícios residenciais e comerciais.

Esperamos que nossas autoridades constituídas e representativas, entidades, não permitam que os edifícios sejam construídos sem arquitetura germânica.
Ali começou nossa cidade, foi Rua a Principal, o centro, e hoje histórico de nossa cidade. Se for permitido a construção de prédios sem características e identidade com a cidade, perderemos parte de nossa referencia histórica. Caso isso aconteça, como justificaremos isso aos nossos filhos, netos ?.
Adalberto Day cientista social e pesquisador da história em Blumenau