terça-feira, 6 de novembro de 2007

Quietude

Lendo um Arauto da Ciência Cristã outro dia, encontrei um lindo poema :

Quietude

“Aquietai-vos, e sabei.”
Quieto ficarei, e ouvirei;
Cessarei de falar, de insistir
Com o que não passa de mera opinião;
Pois provas, mais do que palavras,
Domínio dos dão.

“Aquietai-vos, e sabei.”
Quieto ficarei, e confiarei;
Cessarei de duvidar, de me preocupar
Com o que me reserva o porvir;
O hoje é meu para provar
Como o bem veio se revelar.

“Aquietai-vos, e sabei.”
Quem ouve, aprende,
E nele floresce a compreensão.
Cessa a inquietação; cala-se a agitação.
A voz de Deus se faz ouvir
Quando em quietude nos encontramos.

Kate Holland Patton

Nenhum comentário: