quarta-feira, 25 de outubro de 2006

Primeiro Crematório de SC

Essa saiu hoje no "Diarinho" de Itajaí. A notícia em si não tem nada de mais, mas a forma como a notícia foi montada é hilária.

CHICOSO!
Povão de Balneário já pode morrer torrado e com luxo

‘Crematórium Vaticano’ vai torrar defuntos da forma mais chique: se família quiser, pode até transmitir choradeira pela internet

Os futuros defuntos de Balneário Camboriú vão poder contar com um velório pra lá de diferente, e a cidade mostra que até na hora da morte é chicosa pra caramba. Uma empresa paranaense anunciou na segunda-feira a construção do ‘Crematorium Vaticano’ na terrinha, pro início de 2007. Este será o primeiro crematório da Santa & Bela para as famílias que querem homenagear os defuntos torrando-os em alto estilo, e ficando só com aquele potinho de cinzas.

No caso dos genros vítimas das sogras jararacas será uma oportunidade única de ter a finada num lugar seguro e onde ela não represente mais nenhuma ameaça – e se mesmo assim, surgirem lembranças amargas da velha, é só subir no alto do Cristo Luz e jogar as cinzas da maledeta num dia de vento forte. Os restos da velhota vão parar lá na Ilha das Cabras, pode ter certeza.

O ‘Crematorium Vaticano de Balneário Camboriú’, na verdade, trata-se de uma obra de R$ 1,5 milhão, com área total de 6 mil m², localizado no 3.650 na avenida Marginal Leste, às margens do quilômetro 132 da BR-101, centro da cidade. O templo conta com duas capelas pra velórios, com sala privativas e capacidade para 150 pessoas. Até mesmo um espaço pro tradicional cafezinho na hora do funeral foi planejado.

A última homenagem pro finado pode ser feita em uma cerimônia de 20 minutos, com chuva de pétalas, sistema de áudio e vídeo, com músicas e imagens escolhidas a dedo pelo carinha antes de morrer ou pelos próprios amigos e familiares. Já imaginou ser velado ao som de "Atoladinha"?

Os defuntos também poderão ser vistos pela telinha do computador. O crematório conta até com transmissão de velórios pela internet, pro povão que tá distante e não tem como chorar as pitangas junto com a família. Mas a privacidade do morto será respeitada, já que para acessar a transmissão do velório pelo computador, o usuário vai precisar de senha.

Escolha a cerimônia

O povão vai poder escolher o tipo de cerimônia que deseja pra poder homenagear o parente que foi pro além. A sala do velório pode ser tematizada, de acordo com a religião, a descendência, a profissão e os hobbies da pessoa, através de decoração. A família pode até pedir que pombinhas azuis e brancas decolem e chovam flores pra homenagear o cara que foi dessa pra uma melhor. Se precisar, pode chamar a Perla para cantar baladas paraguaias na hora da despedida, ou ainda o Ângelo Máximo, com seu hit "Uô, uô, uô... que dia feliz!". Coisa mais chique, impossível.

A galera pode ainda pagar pela cremação no crediário. O plano simples, que inclui urna de cinza, cerimônia, áudio, vídeo e cafezinho custa R$ 2.930 e pode ser pago em até 36 vezes. Ou seja, o povão não vai ter dificuldade pra fazer o velório de luxo.


Um comentário:

Iu disse...

Adorei a notícia.. não só pela forma como foi escrita, mas tbm pq eu quero ser cremada e vou cremar todo mundo que estiver sob minha responsabilidade! hahuhuaahuaua
Quero uma casa com lareira, e potinhos de todo mundo ornamentando o local! huahuaha
Bjs